Pastoral

Pastoral

A Pastoral Juvenil Salesiana é a ação orgânica de uma Comunidade Educativo Pastoral que, movida por uma missão carismática, quer habilitar os jovens a crescerem até a própria maturidade, realizando o seu itinerário de educação à fé. Por isso, está alicerçada em viver a vida cotidiana no mistério de Deus. Jesus, o Bom Pastor, nos revela que Deus está no centro da nossa vida. O segredo do êxito de Dom Bosco e de Madre Mazzarello como educadores é a sua intensa caridade pastoral, ou seja, aquela energia interior que une inseparavelmente o amor de Deus e o amor ao próximo, de modo a conseguir estabelecer uma síntese entre atividade evangelizadora e atividade educativa.

O Espírito salesiano encarna-se e é manifestado na experiência espiritual e educativa de Dom Bosco, no espírito de Valdocco e de Madre Mazzarello na primeira comunidade de Mornese que tinha a marca de um estilo familiar, simples e sereno.

Ela é juvenil porque no centro de sua ação está a pessoa dos jovens, especialmente os mais carentes. Trata-se de buscar os jovens na sua realidade, com seus recursos e dificuldades, e descobrir os desafios dos contextos culturais, sociais e religiosos nos quais vivem, dialogando com eles para propor, através da pedagogia do acompanhamento, um caminho de encontro vivo e comunitário com Jesus Cristo. (cd. CG 20, n. 360).

Ela é salesiana porque tem no carisma de Dom Bosco, segundo a inspiração da caridade educativa do Bom Pastor, a sua referência principal, expressão da pedagogia preventiva, amável pronta ao diálogo e à confiança, o grau da própria verdade e eficácia, a medida do seu planejamento e da sua ação.

A Pastoral Juvenil Salesiana entende a evangelização como a principal urgência da sua ação, ciente de que a sua tarefa fundamental é propor a todos os jovens viverem a existência humana como Jesus a viveu para que, aos poucos, se encontrem com Cristo, vivam plenamente a própria humanidade e sejam protagonistas e corresponsáveis na construção do reino de Deus no mundo.

O trabalho pastoral é importante no meio estudantil, sobretudo, na evangelização de uma juventude que passa grande tempo dentro da escola e é neste espaço que cria laços, grupos de amigos que contribuem em sua descoberta pessoal e na opção de vida desses jovens.

Nossa meta é estimular o crescimento integral da criança e do jovem, educando-os para o empenho por uma cidadania ativa tendo Jesus Cristo como modelo e referência fundamental para construção da personalidade e dos valores humanos e culturais, mediante ao carisma de Dom Bosco e de Madre Mazzarello.

A Espiritualidade Salesiana está fundamentada no Sistema Preventivo de Dom Bosco:

Razão
A Pedagogia Salesiana compreende essa dimensão como um referencial de constante construção, a partir de relações lógicas e valores (critérios) como: libertação, criticidade, diálogo, protagonismo, espírito de equipe, conhecimento, eficiência, integridade e valorização humana. Essa razão vai se habilitando na capacidade de bem julgar, buscar consensos e crescer diante de uma pluralidade de ideias.

Religião 
A dimensão da Filosofia Salesiana, parte importante da “pedagogia da presença”, visa propiciar ao educando condições para que ele desenvolva sua consciência crítica no que diz respeito à liberdade e à ética em todas as suas dimensões, na elaboração de sínteses e na definição de um projeto de vida, visando os valores transcendentais. É alimentada por valores como fé, comunhão, partilha e respeito.

Amor
Presença da dimensão afetiva na pedagogia libertadora; o espírito de família que gera laços de cuidados mútuos, a partir de valores como amor, empatia, comprometimento, presença e alegria. Representa a “divinização da ação humana”, potencializada em seus mais nobres sentimentos.

NÚCLEOS FUNDAMENTAIS DA ESPIRITUALIDADE SALESIANA

·
Espiritualidade do Cotidiano: O cotidiano inspirado em Jesus de Nazaré é o lugar em que reconhecemos a presença atuante de Deus e vivemos a realização pessoal. A espiritualidade Salesiana fundada sobre a ENCARNAÇÃO; é uma espiritualidade que ama a vida não a teme nem convida a fugir dela. No dia e nos acontecimentos Deus se torna presente e próximo de cada um de nós. O cotidiano é o lugar privilegiado do encontro com Deus.

· Espiritualidade da Alegria e do Otimismo: O cotidiano deve ser vivido na alegria e no otimismo, sem todavia, renunciar ao empenho e à responsabilidade. Dom Bosco apresentou aos jovens marginalizados a possibilidade de experimentar a vida como festa e a fé como felicidade. A festa é ocasião para construir novas amizades e desenvolver tudo o que há de positivo nos jovens. A nossa festa é uma experiência profunda de solidariedade com todas as pessoas e, ao mesmo tempo, um chamado a expandir a vida, para que todos possam recuperar a alegria de festejar e de viver. Em nossos ambientes vivenciamos o ‘clima de família’; ali nos sentimos bem, acolhidos e valorizados. Vivencia-se, então, fortes experiências de amizade, diálogo, aproximação, abertura, corresponsabilidade. 

· Espiritualidade da Amizade com o Senhor Jesus: O cotidiano é recriado pelo Cristo da Páscoa que nos traz esperança e nos dá sentido pleno de vida. A amizade e a simpatia por Jesus Cristo vão exigindo de nós um maior conhecimento e adesão à sua Pessoa e ao seu Projeto. Procuramos, então, dar uma resposta concreta ao seu amor por nós, através de nosso empenho e generosidade. Ao chegarmos a esta relação com o Cristo Senhor, abrimo-nos à vivência radical do Evangelho.

· Espiritualidade de Comunhão Eclesial: O cotidiano se experimenta na Igreja-comunidade local, ambiente natural para o crescimento na fé através dos sacramentos, principalmente o da Eucaristia e o da reconciliação. A comunhão com a Igreja em todos os níveis – paroquial, diocesana, mundial – é característica da nossa espiritualidade. A Espiritualidade Salesiana incentiva à oração, à escuta da Palavra, à celebração como modos de manter acesa a chama do amor a Deus e do amor à vida que Ele nos deu.

· Espiritualidade Mariana: Na Igreja, encontramos Maria. Ela é aquela que dá exemplo de escuta, fidelidade, pureza, doação e serviço. Maria, a Auxiliadora, nos indica o caminho a percorrer, infunde esperança, ajuda, encoraja e consola.

· Espiritualidade do Serviço Responsável: O cotidiano é entregue a nós para ser construído através de um serviço generoso. No dia a dia vamos descobrindo o lugar onde somos chamados a dar furtos, onde podemos assumir a vida com mais radicalidade e compromisso por meio de uma vocação específica, significativa na Igreja e na Sociedade. Dom Bosco queria que seus jovens se tornassem “honestos cidadãos e bons cristãos”. Ser honesto cidadão hoje implica em promover a dignidade da pessoa e os seus direitos, viver com generosidade na família, favorecer a solidariedade, especialmente para com os mais pobres, desenvolver o próprio trabalho com honestidade e competência profissional, promover a justiça e a paz, respeitar a criação, favorecer a cultura, inserir-se nos diversos ambientes e estruturas em vista do bem comum.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

§  Conduzir as novas gerações ao encontro com Jesus de Nazaré;
§  Estimular o crescimento integral da pessoa, educando-a para o empenho por uma cidadania ativa tendo Cristo como referência fundamental para a construção da personalidade e para o crescimento dos valores humanos e culturais do ambiente;
§  Estimular um compromisso social, de um empenho de solidariedade, da construção de um Projeto de vida e de uma caminhada de fé;
§  Orientar na busca de sua identidade vocacional;
§  Favorecer o protagonismo juvenil, a liderança, o trabalho em equipe, através da metodologia do: ver, julgar, agir, avaliar e celebrar;
§  Fazer uma experiência de Deus em meio ao povo - Semana Missionária - através do anúncio da Boa Nova de Jesus e da experiência de comunidade;
§  Incentivar o representante de classe a ser protagonista na vida escolar, ser vínculo de união e solidariedade entre os colegas, comprometendo-se com a missão desafiadora de ser presença de qualidade;
§  Promover a identidade Salesiana, o espírito de família, o estilo do Sistema Preventivo nos membros da Comunidade Educativa, para ampliar de forma dinâmica e respeitosa o núcleo das pessoas que assumem e compartilham a finalidade evangelizadora do Projeto Educativo;
§  Permear os conteúdos, as práticas e as atividades escolares fundamentadas no Projeto Pedagógico Pastoral Salesiano, com o espírito cristão que valoriza a vida, a pessoa humana, a solidariedade e a postura construtiva em todas as situações;
§  Atuar junto com a equipe pedagógica na concretização do Projeto Pedagógico Pastoral Salesiano;
§  Expressar as necessidades e apelos da comunidade local, suscitando respostas a esses elementos, através de práticas solidárias e ações de voluntariado.

GRUPOS DA AJS

O trabalho da ESCOLA EM PASTORAL visa a formação integral do aluno. A eles são propostas atividades que exijam a humanidade de cada indivíduo, fomentando, assim, a solidariedade, o protagonismo juvenil e a espiritualidade juvenil salesiana. Contando com um acompanhamento espiritual que os ajude a discernir o seu futuro dentro da sociedade e despertando-os para uma cidadania ativa, para se tornarem “bons cristãos e honestos cidadãos”, como queria Dom Bosco.

Articulação da Juventude Salesiana (AJS)

A Articulação da Juventude Salesiana é uma rede de articulação entre os vários grupos de crianças e jovens, tendo como elemento fundamental a Espiritualidade Salesiana. A missão e o projeto de vida de Dom Bosco e de Madre Mazzarello, partilhados pela Família Salesiana, exprimem-se num estilo de vida e ação, centrado na caridade pastoral, que chamamos de Sistema Preventivo. Ele é fonte e inspiração da nossa maneira de viver e agir. O grupo é o lugar da comunhão, do serviço, da doação e do amadurecimento vocacional em vista de um encontro pessoal com Jesus Cristo.

Chat - Matrículas 2024

Política de Privacidade

Versão 02 | Dez/2022

O Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, CNPJ 56.012.131/0001-43, com sede na Rua Duque de Caxias, 927, Ribeirão Preto, é uma instituição de natureza beneficente, filantrópica, educacional, confessional e salesiana. Na instituição salesiana, privacidade e segurança são prioridades e, para além das normas legais, esta política é construída e conduzida sob a inspiração dos princípios e valores humano-cristãos.

Esta Política de Privacidade se aplica a: associadas, empregados, estagiários, estudantes, representantes, voluntários, potenciais estudantes, fornecedores, parceiros, prestadores de serviço, utilizadores de suas plataformas digitais, quaisquer outros indivíduos identificáveis ou identificáveis interessados em suas atividades e serviços que interagem com o COLÉGIO; e informa seus direitos, conforme Art. 18 da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). Abrange atividades de coleta de dados físico e digital, por meio de nossos vários canais, incluindo - mas não limitado a – plataformas digitais, serviço de atendimento, formulários em papel, relativos a todos os serviços educacionais do colégio e a este relacionados e que estão definidos no Contrato de Prestação de Serviços Educacionais.

A Política tem como propósito

  • explicar ao Titular os respectivos direitos em relação aos seus dados pessoais coletados e tratados por nós, e de que forma protegeremos a sua privacidade;
  • garantir que o Titular entenda quais dos seus dados pessoais coletamos, as razões pelas quais os coletamos e utilizamos, além de com quem os compartilhamos;
  • explicar como utilizamos os dados pessoais compartilhados pelo Titular.

Esperamos que a presente Política auxilie o Titular a compreender os nossos compromissos referentes à sua privacidade.

DEFINIÇÕES

Para os fins desta Política, as expressões abaixo terão o seguinte significado:

“LGPD” Lei Geral de Proteção de Dados (Lei no 13.709/2018);

“Legítimo Interesse” base legal de tratamento de Dados Pessoais prevista nos artigos VII, IX e X da LGPD, e tem como fundamento avaliar, em suma; a legitimidade e legalidade dos interesses do Colégio ou de terceiros para a realização de determinado tratamento de Dados Pessoais; a avaliação da efetiva necessidade do tratamento para a finalidade pretendida pelo Colégio; e o equilíbrio entre os interesses do Colégio ou de terceiros e os direitos do titular, incluindo suas expectativas legítimas em relação ao tratamento de seus Dados Pessoais;

“Dados Pessoais” informação relacionada à pessoa física identificada ou identificável de forma direta ou indireta;

“Dados Pessoais Sensíveis” racial ou étnica, convicção religiosa, opinião política, filiação a sindicato ou a organização de caráter religioso, filosófico ou político, dado referente à saúde ou orientação sexual, dado genético ou biométrico, quando vinculado a uma pessoa natural;

“Política” política de privacidade que tem como intuito regular os direitos e deveres do Colégio no que tange à proteção de Dados Pessoais e Dados Pessoais Sensíveis;

“Plataformas digitais ou Plataformas” sites, aplicativos, redes sociais, sistemas e softwares utilizados pelo Colégio;

“Potenciais Estudantes” indivíduos que não estão matriculados no Colégio, mas estão na fase de conhecimento ou pré-matrícula no Colégio;
“Representantes” pais, representantes legais e financeiros dos Estudantes ou Potenciais Estudantes; “Serviços” serviços educacionais prestados pelo Colégio;
“Titular de Dados” pessoa natural a quem se referem os dados pessoais que são objeto de tratamento;

DIREITOS DOS TITULARES DE DADOS

A LGPD confere aos Titulares de Dados direitos relativos aos seus respectivos dados pessoais. Conforme previsto nos termos da legislação aplicável e salvo se limitados por ela, os direitos previstos aos indivíduos são os seguintes: •Direito de confirmação da existência de tratamento;
Direito de acesso aos dados;

  • Direito de correção de dados incompletos, inexatos ou desatualizados;
  • Direito à anonimização, bloqueio ou eliminação de dados desnecessários, excessivos ou tratados em desconformidade com a LGPD;
  • Direito à portabilidade dos dados a outro fornecedor de serviço ou produto;
  • Direito à eliminação dos dados pessoais tratados com o consentimento do titular, exceto nas hipóteses de guarda legal e outras dispostas na LGPD;
  • Direito à informação das entidades públicas e privadas com as quais o Colégio realizou uso compartilhado de dados;
  • Direito à informação sobre a possibilidade de não fornecer o consentimento e sobre as consequências da negativa;
  • Direito à revogação do consentimento, nos termos da LGPD.

Sobre dados pessoais de crianças e adolescentes

O COLÉGIO solicita, coleta, processa, armazena ou compartilha, conscientemente dados pessoais de crianças e adolescentes diretamente dos seus pais ou responsáveis legais, e com anuência explícita, e de acordo com as regras e legislações vigentes e de acordo com os nossos interesses legítimos, sendo observada, além da Lei Geral de Proteção de Dados, o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Para quais fins são utilizados seus dados

a) Cumprir as obrigações contratuais;
b) Cumprir as obrigações previstas na legislação aplicável;
c) Conhecer melhor nossos titulares e personalizar as iniciativas pedagógicas, promocionais e publicitárias, caso eles concordem em recebê-las;
d) Para manter a qualidade dos produtos e serviços oferecidos;
e) Para fins adicionais não relacionados com a gestão da sua relação contratual, desde que nos forneça novo consentimento;
f) Para uso no legítimo interesse da instituição, conforme contrato de prestação de serviços, nos limites da lei.

FORMA DE COLETA DOS DADOS PESSOAIS

Fornecidos diretamente pelo Representante

a) quando realiza o cadastro físico na Secretaria do Colégio, por telefone ou pelo site do Colégio, demonstrando o interesse na contratação dos Serviços;
b) quando faz a matrícula do Estudante no Colégio, ou preenche os documentos relativos à matrícula;
c) quando acessa as Plataformas Digitais;
d) quando atualiza o cadastro do Estudante, preenche formulários ou fornece informações pelas Plataformas Digitais;
e) pelos titulares no dia a dia da prestação dos Serviços, contatos, relatórios, avaliações e outras atividades do Colégio.

Coletados diretamente do Estudante

a) ao longo da prestação dos Serviços Educacionais, por meio de avaliações, provas, simulados, anotações de sala de aula, observação e avaliação comportamental, entrevistas e reuniões com o corpo docente e coordenação do Colégio, e todo e qualquer outro meio usual para a prestação de serviços desse gênero;
b) por meio de fichas, formulários, questionários, fichas de inscrição, listas de presenças e outros documentos usuais para a prestação de serviços educacionais e serviços associados ou acessórios.

Fornecidos para acessar as dependências do Colégio

Coletamos dados pessoais de toda e qualquer pessoa que acesse ou busque acessar o espaço privativo do Colégio, por meio de cadastro temporário ou permanente, seja na portaria e/ou na Secretaria do Colégio, em vista da segurança da Comunidade Educativa.

Coletados pelas Plataformas Digitais

É possível a coleta automática pelas Plataformas de algumas informações técnicas, incluindo, mas não limitadas a: aplicativo, IP de conexão (com data e hora de acesso), localização geográfica aproximada, informações sobre o uso das Plataformas Digitais, duração da visita e páginas visitadas, software e navegador utilizados para acessar as Plataformas Digitais, sistema operacional e sua versão do dispositivo utilizado, entre outros.

Coletados sobre o dispositivo de acesso

É possível a coleta automática pelo dispositivo de acesso com os seguintes dados: modelo, fabricante, sistema operacional, operadores de telefonia, software, navegador e velocidade da conexão.

Fornecidos por terceiros

Em virtude da prestação dos Serviços, também coletamos dados pessoais dos Titulares por meio de terceiros autorizados pelos Responsáveis, como por exemplo: especialistas, médicos, terapeutas, fonoaudiólogos e outros profissionais de saúde ou de assistência ao desenvolvimento do Titular de caráter particular que sejam autorizados e se disponham a compartilhar tais dados pessoais com o Colégio.

Ainda, podemos receber recordações fotográficas dos Titulares durante o exercício do ano letivo diretamente de empresas parceiras.

Uso de cookies

O COLÉGIO usa os seguintes tipos de Cookies em suas plataformas digitais:

  • Cookies de sessão: é um cookie específico do servidor que não pode ser transmitido a nenhuma máquina diferente da que gerou o cookie. O cookie de sessão permite que o navegador se reidentifique para o servidor único e exclusivo no qual o cliente tinha anteriormente se autenticado.
  • Cookies persistentes: são utilizados para lembrar suas preferências do website e permanecem no seu desktop ou dispositivo móvel mesmo depois de você fechar o seu navegador ou efetuar uma reinicialização.
  • Cookies necessários: são aqueles que permitem a você navegar pelo site e usar recursos essenciais, como áreas seguras
  • Cookies de terceiros: são utilizados em alguns casos os cookies de terceiros confiáveis. As nossas Plataformas Digitais utilizam o Google Analytics, uma das soluções de análise mais conhecida da Web, para nos ajudar a compreender o como você usa o site. Esses cookies podem rastrear os seguintes itens: tempo de navegação no site, páginas visitadas, e outros, para que possamos melhorar sua experiência de acesso. Utilizamos, também, o Google Adsense para veicular publicidade por meio do Cookie DoubleClick exibindo os anúncios mais relevantes em toda a Web e limitando o número de vezes que o anúncio é veiculado.

Para maiores informações sobre o Google Analytics e o Google Adsense, consulte as FAQs oficiais sobre privacidade.

Com quem o colégio compartilhará os dados pessoais

  • Autoridades judiciais, administrativas ou governamentais competentes, sempre que houver determinação legal;
  • Quando necessário para as atividades comerciais e aos serviços prestados pelo Colégio;
  • Empresas parceiras para fins publicitários e estatísticos;
  • De forma automática, entre mantenedora e mantidas.

Retenção, término e descarte de dados pessoais

Os dados coletados permanecerão armazenados de forma segura e, inclusive, anonimizados, se necessário, e sempre se observando a especificidade de serviço prestado.
Para a manutenção desses dados se observará não apenas as regras de coleta previstas pela Lei 13.709/2018 – Lei Geral de Proteção de Dados, mas também as leis e normas que lhe exigem ou lhe permitem a conservação e guarda por um tempo maior, ou mínimo, de determinados dados, independente do consentimento ou vontade do titular. É possível que os prazos mencionados acima sejam alterados por mudanças nas respectivas leis, normas, regulamentos e afins, o que não implicará necessariamente a atualização imediata desta Política de Privacidade, caso a forma de tratamento de dados não seja impactada por essas alterações.

Portanto, as bases legais eventualmente existentes e vigentes que permitam ao Colégio realizar o tratamento de determinados dados pessoais, mesmo sem o consentimento do seu titular, sobrepõe-se a sua menção ou não neste documento.

Os dados coletados que não são mais necessários ou cujo prazo de guarda tenha expirado são destruídos por incineração ou qualquer outro meio adequado e seguro, em periodicidade legal ou anual pelas equipes gestoras do Colégio.

Segurança de Dados Pessoais

Estabelecemos medidas de segurança apropriadas para impedir que seus Dados Pessoais sejam acidentalmente ou ilicitamente acessados, perdidos, alterados, utilizados ou divulgados de maneira não autorizada. Elaboramos normas e procedimentos operacionais complementares para lidar com qualquer suspeita ou ocorrência de violação de Dados Pessoais e adotaremos as medidas estabelecidas internamente ou na lei caso esta ocorra.

O COLÉGIO exige que todos seus colaboradores e prestadores de serviço observem e sigam as normas internas, tais como: Código de Ética e Conduta contendo o regulamento interno e Política de Proteção à Infância e Adolescência que são procedimentos e orientações estabelecidas para o cumprimento da presente Política de Privacidade.

Seguimos princípios e diretivas de Segurança da Informação, como:

a) Em relação ao Titular: seus dados pessoais serão processados por nossos colaboradores, desde que estes precisem ter acesso a tais informações, dependendo dos propósitos específicos para os quais seus dados pessoais tenham sido coletados.
b) Em relação aos processos: revisar periodicamente, avaliar o desempenho, melhoria contínua, entre outros. c)Em relação aos meios tecnológicos: aplicar mecanismos de autenticação, criptografia, sistemas de monitoramento, sistemas de detecção e prevenção de intrusão, soluções anti-malware, redundância de serviços, cópias de segurança, assinatura digital (rastreabilidade), segregação de redes de telecomunicação, entre outros meios.

Toda e qualquer solicitação, pedido de informação ou exercício de direitos do Titular de Dados poderá ser enviada para o e-mail: contato.lgpd@salesianas.com.br, aos cuidados do Encarregado de Dados (DPO). O Titular de Dados deverá informar:

a) Nome completo do Titular de Dados;
b) Número de RG ou CPF do Titular de Dados;
c) Descrição da solicitação.

Eventualmente, outras informações ou documentos podem ser solicitados para o atendimento da requisição, caso haja dúvida sobre a veracidade das informações prestadas ou sobre a identidade do Usuário.

É de nossa responsabilidade, após o recebimento de sua comunicação, validar, investigar e responder, dentro de prazo razoável, qualquer solicitação sobre a forma como tratamos seus dados pessoais.

Esta Política de Privacidade pode passar por atualizações sempre que necessário em vista de melhorias, maior segurança ou adequações.

A Associação se compromete a responder às suas solicitações ou esclarecimento de dúvidas que não estejam nesta Política de Privacidade.

Fazer download da política em PDF